Bradesco Seguros aposta em plataformas digitais como aliadas do corretor para incrementar as vendas
Leonardo Pereira de Freitas, diretor comercial da Bradesco Seguros

Reunidos na 39ª live do Clube dos Seguradores da Bahia, no último 10 de junho, executivos das principais companhias locais, corretores de seguros e jornalistas convidados, puderam assistir a instigante palestra  “Oportunidades e Desafios do Mercado de Seguros”, proferida por Leonardo Pereira de Freitas, diretor comercial da Bradesco Seguros. Instigante porque Leonardo fez um paralelo muito interessante do seu conteúdo com um clássico do cinema dos anos 2000, o Monstros S.A.. É a história de uma empresa fictícia, gigante do setor de energia, em que monstros são transportados daquela dimensão, durante a noite, para quartos de crianças na Terra, com uma única missão: assustá-las enquanto estivessem dormindo para que, com a energia dos seus gritos, pudessem abastecer os reatores da empresa. Os monstrinhos protagonistas do desenho animado conseguiram convencer a direção de que era possível substituir os gritos das crianças por sorrisos, e ainda assim continuar abastecendo os reatores. O objetivo da palestra foi justamente mostrar que é possível mudar o midset de colaboradores e stakeholders, mesmo se tratando de grandes estruturas organizacionais. Leia a seguir.

As mudanças

Leonardo Freitas inicia sua palestra destacando que a pandemia mudou a forma de como as pessoas consomem bens e serviços. “Com o home office imposto pelo coronavírus, tendências saíram da gaveta. Observem esta live do Clube dos Seguradores da Bahia, por exemplo, que já está na sua 39º edição! As pessoas, entidades e empresas se reiventaram para sobreviver. ”Segundo Leonardo, os clientes estão mais exigentes também. Na primeira “experiência ruim”, eles simplesmente trocam de marca. Estão impacientes, mudaram de hábitos. Por isso sugere muita atenção dos corretores de seguros na hora do atendimento. “É estratégico atuarmos no sistema Omnichannel, ou seja, multicanal. O cliente quer te ver nas redes, nos apps, nas plataformas digitais e até presencialmente. Ele é quem decide. Esteja próximo!” alerta. O executivo sugere ainda que o corretor conquiste esse novo público que está em plena transformação digital, mudando seu mindset, como fizeram Mike e Sullivan, do Monstros S.A. . E deu uma dica: “O sorriso é o verdadeiro motivo para se comprar um seguro!”

Leonardo deu muitas dicas: “Não há mais preconceito com relação ao seguro de vida. No passado achavam que contratar um seguro desses seria mau agouro. Hoje não. As pessoas planejam o futuro, e querem saber com que renda viverão seus familiares caso venham a falecer. ”Outra dica bacana é – não procure clientes para seus produtos, ao contrário, encontre os melhores produtos para o seu cliente. Você vai transformá-los em seus fãs! ” É exatamente isso que faz a Apple – transforma os consumidores em fãs da marca.  “Mas para ter fãs, antes é preciso entender exatamente o que nós, do mercado de seguros, somos e entregamos” afirma Leonardo. Segundo ele, nós somos “gente cuidando de gente”, e por isso é fundamental entender o cliente. “A ciência identifica o humano como um ser racional, mas, na essência, somos seres emocionais. Daí a importância do corretor enxergar o indivíduo. É mais ou menos como o pediatra que cuida dos seus filhos. Se for muito bom, e tem que ser, você vai virar fã dele um dia.”

Diretoria do Clube dos Seguradores da Bahia e convidados

Retorno à sociedade

O executivo também avaliou o mercado sob outra perspectiva: “Por que os consumidores nos procuram para fazer seguros? Por uma razão muito simples: querem transferir seus riscos, como forma de proteção. Mas alguém consegue enxergar a dimensão que isso representa do ponto de vista social? Quantos milhões de famílias e empresas mitigaram suas perdas com indenizações que receberam do seguro? Perdas que recairiam naturalmente sobre o Estado se estas mesmas empresas e famílias não contratassem qualquer proteção. Imagine ainda outra situação: se num determinado dia, por qualquer razão, nenhum reboque das assistências 24hs saísse às ruas, como ficaria o trânsito de São Paulo, a maior cidade do País?” Leonardo sugeriu que o corretor mostre a grandeza e a importância do mercado de seguros na vida das pessoas e o impacto positivo que isso tem na sociedade. São bilhões de reais devolvidos aos brasileiros sob forma de indenizações e serviços todos os anos.

Flexibilização das normas

O diretor comercial da Bradesco Seguros lembrou que a simplificação do setor, com a flexibilização das normas e a mudança na oferta de produtos promovidas pela Resolução CNSP 407/2021 e Circular 621/2021, vieram para dar ao mercado ampla liberdade negocial. “Agora a aprovação de novos produtos é quase automática. E com a diversificação das coberturas poderemos oferecer combos de seguros, com preços mais acessíveis, e opções de utilização, do tipo intermitente. Nesse contexto, o corretor de seguros é a figura central na relação da indústria com o consumidor final. São vocês que irão explicar todas essas possibilidades novas de contratação, e receber os entrantes, gente que nunca fez um seguro e foi atraído pelas possibilidades. Muito em breve, a Bradesco Seguros vai apresentar novidades nesse sentido. Aguardem.” Leonardo lembrou que antigamente os produtos eram criados de dentro para fora, atendendo primeiro os interesses das companhias. Já faz algum tempo, essa missão se inverteu: “desenvolvemos agora produtos de fora para dentro da companhia, com foco 100% no cliente. Ele é que está no comando, ditando as regras.”

Open Insurance

Mas as novidades não param na flexibilização das normas. Agora, com o Open Insurance, surge uma mudança profunda no mercado, que passa a compartilhar dados com os consumidores, dentro de um ecosistema aberto. “O Open tem 3 pilares básicos: operar num ambiente aberto, experimentar um processo completamente digital e atuar em novos negócios, uma vez que a criatividade será estratégica para a sobrevivência dos players. O papel do corretor de seguros será de um consultor de riscos, especialista em pessoas, atuando multicanal, e atendendo de forma personalizada. É isso que este cliente novo espera de você. Ele se movimenta por significado e propósito, e isso os corretores de seguros agregam no seu cotidiano.”

Nossa transformação

Leonardo de freitas finaliza sua palestra destacando que a Bradesco Seguros também passa por muitas transformações. A principal delas, foi a guinada para o foco 100% no cliente, com a presença forte nos canais digitais, para atingir dois objetivos: transmitir a imagem de confiança que o grupo Bradesco Seguros conquistou ao longo dos anos, e oferecer a melhor experiência de compra aos segurados. “Nós tivemos uma grande transformação também no Saúde, ao estabelecermos parceiros regionais (clínicas e laboratórios) em diversas localidades do País, com o Saúde Efetivo. Isso melhorou nossa entrega, reduziu custos e taxas. Também passamos a oferecer soluções multi-ramos em nosso ecossistema, e estamos atuando intensamente com nossas plataformas digitais nos atendimentos on-line, principalmente em auto, vida e previdência. Na área promocional, a Bradesco Seguros realizou mais uma Quinzena do Seguro, com a Sandy como garota propaganda. Ela ficou com a missão de explicar ao grande público nossos valores, o que fazemos, e mostrar as ofertas da promoção. ”A quinzena do seguro acontece sempre nas primeiras semanas de maio, quando se comemora o Dia Continental do Seguro.

Para aqueles que ainda não assitistiram, Leonardo de Freitas recomenda: “Não deixem de assistir Monstros S.A.!”

Fonte: JNS, 15/06/2021.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui