21.7 C
São Paulo
quarta-feira, 20 janeiro

Sobre nós

Em agosto de 1992 circulou a primeira edição do JNS, sob o comando do experiente jornalista Nelito Carvalho (1936-2013). O novo projeto editorial surgiu da falta de conteúdo de qualidade sobre a agenda política do mercado de seguros, deixado de lado, à época, pelas poucas publicações não ligadas a entidades de classe. Temas como as ações capitaneadas pela Fenacor em defesa da classe dos corretores, a atuação dos bancos na comercialização de seguros em debate na assembleia constituinte de 87, as muitas e polêmicas circulares da Susep que causavam impacto devastador nas seguradoras, tudo isso num período de inflação galopante e baixo crescimento econômico.
Para esse modelo editorial se concretizar na prática, era preciso um veículo de comunicação de fato independente. Experiência a Nelito Carvalho não faltava. Na década de 80, editou os jornais do Clube dos Corretores de SP e do Sincor-SP, além de ter trabalhado nas principais redações do país, como Folha e Estadão, nos anos de chumbo. Foi assim que em agosto de 1992, junto com os seus filhos Manoel, Flávio e Sérgio, nasceu o Jornal Nacional de Seguros. Com a morte de Nelito em 2013, Sérgio Carvalho assumiu o comando do tablóide e mantém firme o mesmo propósito de sua fundação.

Sérgio Carvalho

Editor do JNS, formado em economia pela Universidade Mackenzie, e em publicidade pela ESPM, já palestrou para a ENS, Bradesco Seguros e Sincor-SP, sempre com o tema “Marketing ao alcance do Corretor de Seguros”. Atualmente, além do JNS, se dedica integralmente ao seu Laboratório de Inovação e Serviços em Seguros – LISS.